2010 em revista: Aulas de Edição de Imagem

No final de 2009 frequentei um curso de formação de formadores acreditado pelo IEFP, que me habilitou a dar formação. A motivação teve mais a ver com um impulso e influência de amigos do que com o desejo de dar aulas. Apliquei-me mas não fiquei entusiasmado.

Entretanto, um ano depois surge a oportunidade: dar aulas de Edição de Imagem para o Curso de Técnicos de Design Gráfico, Escola Secundária Gabriel Pereira, Évora. A responsabilidade  de preparar e leccionar os 88 tempos, de ter que avaliar os alunos, fizeram-me regressar aos conceitos da formação.  Aí sim, dei o devido valor ao que aprendi.

As aulas correram geralmente bem. Mas há que dizê-lo, com alguma frustração.

O que é que se passa com os nossos jovens adolescentes? Ou com os pais? Ou com a escola? Ou com a sociedade em geral? É que assisti a tanto desinteresse, tanta ‘leveza’ nas atitudes e no empenho (ou falta dele) que fiquei no mínimo confuso. Como motivar estes jovens, que escolheram um curso vocacional específico (passe a redundância), a empenharem-se, a trabalhar, dentro e durante as aulas?

Uma coisa é certa: ou já trazem o interesse de fora ou não há matérias, nem pedagogia, que valham. Terminei frustrado, mas não derrotado. Afinal  aprendi muito, tanto como tentei ensinar. Não vou esquecer nem querer perder a próxima oportunidade.

Advertisements
Com as etiquetas ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: